Blog

Baloes casa de repouso

Muitas vezes você faz a busca clínica geriátrica SP, mas não sabe o que é uma. Nós explicamos!

Segundo pesquisas feitas pelo IBGE, a expectativa de vida vem aumentando.

A população tende a envelhecer cada vez mais e esse é um fenômeno mundial, que tem crescido, de uma forma geral e mais acentuada, nos países em desenvolvimento, embora seus índices sejam ainda inferiores aos dos países desenvolvidos.

No Brasil, e especialmente em São Paulo, a busca na internet por termos como “clínica geriátrica SP, ou “casa de repouso valor”.

Cada vez mais as pessoas entendem a importância de uma Clínica Geriátrica como a casa Morada Primavera.

E essa busca, pelo termo “clínica geriátrica SP”, só deve aumentar.

Em 1950 eram cerca de 204 milhões de idosos no mundo e, em 1998, quase cinco décadas depois, 579 milhões de pessoas, um crescimento de quase 8 milhões de pessoas por ano.

E as projeções indicam que, em 2050, essa população idosa será de 1.900 milhões de pessoas.

O Brasil será a sexta nação com maior número de idosos em todo o mundo:

Estima-se que esse número será de 32 milhões, evidenciando, assim, que o envelhecimento constitui, na atualidade, um fator de dupla dimensão, estrutural e estruturante, da sociedade brasileira.

Apesar da grande procura pelo termo “clínica geriátrica SP”, muita gente desconhece a origem desse tipo de moradia nem sabe bem como é a vida em uma clínica de repouso.

Hoje em dia, mais do que um lugar triste, em que o idoso fica esquecido e sem assistência. A casa Morada Primavera, por exemplo, é um residencial para idosos em Pinheiros com total infraestrutura.

  • Enfermaria 24h;
  • Equipe de nutricionistas;
  • Acompanhamento médico;
  • Terapia ocupacional;
  • Lavanderia;
  • Recreação.

A Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) adotou a expressão “Instituição de Longa Permanência para Idosos” (ILPI) para designar o tipo de instituição anteriormente chamado de asilo.

A SBGG define-a como estabelecimento para atendimento integral institucional, cujo público-alvo são as pessoas de 60 anos ou mais, dependentes ou independentes, que não dispõem de condições para permanecer com a família ou em domicílio unicelular.

Assim, o termo “clínica geriátrica SP” ganha um novo significado.

O termo “clínica geriátrica SP” leva a uma pesquisa extensa na internet

A primeira instituição destinada aos idosos no Brasil foi numa chácara.

Construída em 1790, para acolher soldados portugueses que participaram da campanha de 1792 e que, naquela ocasião, encontravam-se “avançados em anos e cansados de trabalhos”, que pelos seus serviços prestados, “se faziam dignos de uma descansada velhice”.

A chamada casa dos inválidos foi construída por decisão do 5º Vice-Rei, Conde de Resende que, contrariando todas as normas da época.

Com a vinda da Família Real Portuguesa, em 1808, a casa que abrigava essas pessoas foi “cedida” ao médico particular do Rei e os internos foram transferidos para a Casa de Santa Misericórdia.

Com isso, a pesquisa “clínica geriátrica SP” ganha um novo sentido.

A palavra asilo começou a carregar uma carga negativa, sendo geralmente empregada quando referia instituição de idosos carentes.

Falar de idoso institucionalizado, ou o que mora em asilo, evocava uma imagem negativa de “pobreza” e “abandono”.

Isso mudou com casas como a casa Morada Primavera, casa de repouso no alto de Pinheiros com total infraestrutura. A busca “clínica geriátrica SP” nunca se mostrou tão produtiva.

Quer conferir se a sua busca “clínica geriátrica SP” valeu a pena? Venha falar com a gente! www.casaderepousomoradaprimavera.com

O que achou deste artigo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. São Gualter, 1043. Alto de Pinheiros. São Paulo - SP