Blog

hábitos alimentares idoso

Quais são os hábitos alimentares adequados para a terceira idade?

Para garantir à boa saúde na terceira idade, as refeições precisam ser equilibradas, contendo alimentos que reponham os nutrientes que faltam no organismo. Sabendo disso, neste post, mostraremos como um residencial para idosos de qualidade pode favorecer hábitos alimentares saudáveis. Confira!

Benefícios da alimentação em residencial para idosos:

Geralmente, quando pessoas de idade avançada moram sozinhas, é difícil para elas terem disposição para preparar suas próprias refeições de forma correta e disciplinada.

Os alimentos acabam perdendo a validade, refeições são trocadas, há perda de apetite, entre outros. Em vista disso, em uma casa de repouso capacitada, essas pessoas têm o suporte adequado de diversos profissionais como por exemplo:

Nutricionista: que são responsáveis em montar dietas equilibradas de acordo com as necessidades individuais de cada idoso. Ele tem conhecimento de cada realidade apresentada e consegue direcionar a alimentação da melhor maneira possível.

Cozinheiros: os alimentos oferecidos são sempre preparados com muita higiene, instruções criteriosas, estratégia e criatividade. Tudo para despertar o desejo dos idosos de se alimentarem como devem e para que recebam os benefícios.  Com variedade de alimentos, receitas, temperos, cores e texturas novas. O impacto visual dos pratos passa então a agrada aos olhos.

Cuidadores e Enfermeiros: Para reforçar os bons hábitos, os cuidadores lembram os idosos durante o dia de beber água e oferecem sucos naturais e frutas.

Alguns motivos que levam a uma alimentação ruim são:

  • Perda de apetite com a diminuição do paladar e do olfato. Tanto a ausência do sabor quanto o cheiro dos alimentos causam desânimo na hora das refeições;
  • Causas psicológicas, como ansiedade, estresse, depressão, tristeza, entre outros;
  • Rejeição pelo tipo de comida (ex. sempre pastosa) ou o tempero do qual ela é preparada;
  • Ausência de ácido clorídrico no suco gástrico (acloridria), da qual prejudica o processo inicial de digestão;
  • Dificuldade na mastigação devido ao edentulismo, que é a ausência total ou parcial dos dentes que são comumentes em idosos. Estes, muitas vezes, não conseguem se adaptar ao uso de prótese.
  • Uso de medicamentos que causam enjôo ou perda de apetite.
  • Demência. O  Alzheimer é um exemplo de doença que deixa a memória fraca e conforme se agrava afeta a capacidade do idoso de fazer refeições equilibradas. Ele pode se esquecer da última vez que comeu facilmente.

Neste post, você viu que com o envelhecimento vários fatores dificultam a alimentação e traz riscos à saúde. Por isso, uma casa de repouso, com equipe de profissionais capacitados, estruturada e acompanhamento nutricional é extremamente importante.

A Morada Primavera é um residencial para idosos que é referência em São Paulo. Os serviços e valores encontrados nesse lar fazem toda diferença na qualidade de vida de seus moradores. Essa é uma excelente forma de oferecer a um ente querido o tratamento que ele merece, com muito carinho e dedicação para que consiga superar os desafios diários.

Na Casa de Repouso Morada Primavera você encontra toda uma equipe capacitada para estimular hábitos alimentares saudáveis e ótimas experiências. Entre em contato para saber mais e descubra todos os benefícios! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. São Gualter, 1043. Alto de Pinheiros. São Paulo - SP