Categoria: Sem categoria

hábitos alimentares idoso

Quais são os hábitos alimentares adequados para a terceira idade?

Para garantir à boa saúde na terceira idade, as refeições precisam ser equilibradas, contendo alimentos que reponham os nutrientes que faltam no organismo. Sabendo disso, neste post, mostraremos como um residencial para idosos de qualidade pode favorecer hábitos alimentares saudáveis. Confira!

Benefícios da alimentação em residencial para idosos:

Geralmente, quando pessoas de idade avançada moram sozinhas, é difícil para elas terem disposição para preparar suas próprias refeições de forma correta e disciplinada.

Os alimentos acabam perdendo a validade, refeições são trocadas, há perda de apetite, entre outros. Em vista disso, em uma casa de repouso capacitada, essas pessoas têm o suporte adequado de diversos profissionais como por exemplo:

Nutricionista: que são responsáveis em montar dietas equilibradas de acordo com as necessidades individuais de cada idoso. Ele tem conhecimento de cada realidade apresentada e consegue direcionar a alimentação da melhor maneira possível.

Cozinheiros: os alimentos oferecidos são sempre preparados com muita higiene, instruções criteriosas, estratégia e criatividade. Tudo para despertar o desejo dos idosos de se alimentarem como devem e para que recebam os benefícios.  Com variedade de alimentos, receitas, temperos, cores e texturas novas. O impacto visual dos pratos passa então a agrada aos olhos.

Cuidadores e Enfermeiros: Para reforçar os bons hábitos, os cuidadores lembram os idosos durante o dia de beber água e oferecem sucos naturais e frutas.

Alguns motivos que levam a uma alimentação ruim são:

  • Perda de apetite com a diminuição do paladar e do olfato. Tanto a ausência do sabor quanto o cheiro dos alimentos causam desânimo na hora das refeições;
  • Causas psicológicas, como ansiedade, estresse, depressão, tristeza, entre outros;
  • Rejeição pelo tipo de comida (ex. sempre pastosa) ou o tempero do qual ela é preparada;
  • Ausência de ácido clorídrico no suco gástrico (acloridria), da qual prejudica o processo inicial de digestão;
  • Dificuldade na mastigação devido ao edentulismo, que é a ausência total ou parcial dos dentes que são comumentes em idosos. Estes, muitas vezes, não conseguem se adaptar ao uso de prótese.
  • Uso de medicamentos que causam enjôo ou perda de apetite.
  • Demência. O  Alzheimer é um exemplo de doença que deixa a memória fraca e conforme se agrava afeta a capacidade do idoso de fazer refeições equilibradas. Ele pode se esquecer da última vez que comeu facilmente.

Neste post, você viu que com o envelhecimento vários fatores dificultam a alimentação e traz riscos à saúde. Por isso, uma casa de repouso, com equipe de profissionais capacitados, estruturada e acompanhamento nutricional é extremamente importante.

A Morada Primavera é um residencial para idosos que é referência em São Paulo. Os serviços e valores encontrados nesse lar fazem toda diferença na qualidade de vida de seus moradores. Essa é uma excelente forma de oferecer a um ente querido o tratamento que ele merece, com muito carinho e dedicação para que consiga superar os desafios diários.

Na Casa de Repouso Morada Primavera você encontra toda uma equipe capacitada para estimular hábitos alimentares saudáveis e ótimas experiências. Entre em contato para saber mais e descubra todos os benefícios! 

casa-de-repouso-para-idosos

6 Coisas que você precisa saber sobre uma casa de repouso para idosos

Conforme a idade avança, a vida pede mais cuidados e segurança, não é mesmo? Por isso, morar sozinho nessa fase, muitas vezes, traz riscos à integridade da terceira idade. Nestes momentos, uma casa de repouso para idosos pode ser uma ótima opção, trazendo mais qualidade de vida.

Mas, antes de qualquer coisa, é necessário ficar atento alguns pontos a respeito da instituição. Confira a seguir 6 coisas que você precisa saber sobre um residencial de idosos:

1. Valores da casa de repouso para idosos

Os valores morais são peças chaves no comportamento e na forma de interação dos grupos sociais. Seja em uma casa de repouso para idosos ou nas demais intuições de diferentes segmentos, tanto as decisões quanto o tratamento com as pessoas que frequentam o espaço recebem, são determinados e desenvolvidos com base nos valores.

Em razão disso, procure conversar com funcionários, moradores, colaboradores, administradores e demais envolvidos com as atividades. Dessa forma, você terá uma noção de qual cenário ela está fundamentada, a metodologia aplicada e ações em relação aos idosos e a rotina, etc. Inclusive, procure observar se o que é dito como valor condiz com a realidade apresentada.

2. Estrutura da casa de repouso

A estrutura organizacional da instituição para idosos, são de total importância para medir a qualidade.  É ideal então que você conheça o espaço e observe quais recursos e benefícios estão disponíveis. É importante se informar de:

  • Quais funções são desempenhadas pelos funcionários e colaboradores;
  • O tamanho da casa, como são divididos os cômodos, quem os compartilha, etc.;
  • Se os cômodos são devidamente adaptados à necessidade do idoso;
  • Se há espaço externo para os idosos tomarem sol, jardim ou alguma área verde;
  • Em geral, como são organizadas as tarefas dos funcionários e moradores, e  em quais os horários;
  • Como é feita a limpeza do local e de quanto em quanto tempo;
  • Quais as principais regras da instituição;
  • Qual a localização do residencial para idosos. Se ele possui fácil acesso, se o bairro é tranquilo, como é a vizinhança, etc.

3. Visitas

Saber como funciona as visitas é uma das informações mais importantes. Afinal, você precisa garantir que terá o máximo de liberdade possível para visitar aquele ente tão querido e especial que se mudou para um lar de idosos.

Afastar-se de seus parentes e amigos é uma das partes mais difíceis para o idoso. Por essa razão, quando os lares liberam visitar diárias eles têm a chance de ver com mais frequência as pessoas que ama, conversar, informar como está sendo tratado e se sentir mais próximo de quem é importante. Isso faz toda diferença em seu emocional. 

4. Cuidados com a saúde e integridade

A saúde é um das questões mais delicadas que envolvem os idosos. Nessa fase da vida, eles ficam muito suscetíveis a desenvolverem patologias, infecções, sofrerem acidentes domésticos como quedas, fraturas, entre outros. Com isso, são necessários cuidados especiais para as tarefas, combater doenças e dificuldades já existentes ou prevenir-se deles e também emergências.

Por isso, é preciso checar se a casa de repouso para idosos têm enfermeiros de plantão 24 horas, acompanhamento periódico ao médico, fisioterapeuta, e demais profissionais que colaboram para a saúde e integridade dos idosos.

5. Combate ao sedentarismo  

Saúde mental e emocional é tão importante aos idosos quanto à saúde física. Afinal, o isolamento e sedentarismos são inimigos perigosos. Eles podem comprometer, e muito, o bem estar da terceira idade.

Depressão, tristeza, sentimento de invalidez e perda da autonomia são algumas entre tantas consequências que uma vida sem estímulos pode causar.

Dessa forma, é importante que a casa de repouso ofereça atividades recreativas e terapia ocupacional. Ambas são modalidades essenciais para que os idosos sejam estimulados. Eles têm mais contato com os demais moradores, se mantêm ativos, sentem prazer e têm boas experiências com o passar dos dias. Atividades físicas, alongamentos, passeios, entre outros programas, também são excelentes para que os idosos preencham seu tempo com satisfação.

6. Alimentação

No dia a dia muitos idosos acabam trocando uma refeição pela outra ou recusam a se alimentar. Isso ocorre por diversos motivos que estão ligados a idade avançada. Exemplos: perda do apetite, dificuldade para mastigar, digestão lenta, etc.

Quando os idosos não se alimentam adequadamente, ficam muito mais expostos a perda excessiva de peso, doenças e demais complicações. Então, o nutricionista ocupa um cargo indispensável nessa fase.

Ele é capaz de identificar as necessidades individuais de cada morador, estabelecer dietas balanceadas, ricas e nutritivas. Também desenvolve estratégias para que a alimentação fique mais atrativa e saborosa. Assim, cada idoso pode receber os benefícios vindos de uma alimentação saudável feita especialmente para eles.

Conheça a Casa de Repouso Morada Primavera

A Morada Primavera é uma casa de repouso para idosos que fica numa região privilegiada tranquilo e residencial de São Paulo, o Alto de Pinheiros. A casa possui toda estrutura necessária e cuida de cada detalhe que envolve o bem estar de seus moradores.

Entre já em contato e marque uma visita! Você vai se encantar com a inovação e dedicação da Morada Primavera.

3 Dicas para Casa de Repouso

3 Dicas de Como Escolher a Casa de Repouso Ideal para Idosos

Quando chega o momento de procurar uma casa de repouso para alguém próximo, é sempre importante carregar consigo algumas recomendações. Junto desse momento difícil de encontrar uma nova rotina, num novo lugar, podemos passar alheios a detalhes.

Para isso é também importante olhar para a história da Casa Morada Primavera, que surgiu justamente da frustração em achar a casa de repouso ideal.

Morada Primavera, fruto da busca por casa de repouso

Fundado há mais de 15 anos pela família Crippa, o local preza pela individualização de cada idoso — prioridade que nasceu da necessidade familiar, quando a matriarca Dona Bia sofreu um AVC que lhe obrigou a procurar uma casa especializada.

Diante de tantas opções insuficientes, a solução foi criar uma casa de repouso boa o suficiente, com um padrão alto e foco na responsabilidade afetiva. Para ajudar outras pessoas nessa busca, aí vão 3 dicas para levar em conta:

Dicas para Escolher a Casa de Repouso Ideal

1- Visite Pessoalmente

Apesar de parecer básica, a dica de fazer uma visita presencial à casa de repouso que você está pesquisando se faz necessária num tempo em que vemos tudo pela internet. De nada adianta um site bem trabalhado e bem ranqueado nas buscas, sem ver o lugar com os próprios olhos.

É só pessoalmente que pode-se conferir instalações e o estado em que os idosos da casa se encontram. Além disso, você poderá vivenciar um fragmento do dia, que também faz parte da rotina. Preste atenção não só aos quartos, mas à cozinha, banheiros e demais áreas comuns.

2- Conheça Administradores e Cuidadores

Aproveite a visita e se apresente a um ou mais administradores e/ou proprietários, troque algumas palavras e confira se essas pessoas levam seu trabalho a sério.

Enquanto muitos não frequentam sua casa de repouso com regularidade, a Casa Morada Primavera conta com a presença diária dos administradores, Dona Bete e João Crippa. Eles estão no dia a dia da casa, além de conhecerem pessoalmente todos os seus hóspedes.

3- Saiba Mais sobre Rotina e Leve em Conta a Localização

Tenha em vista que você e outros familiares irão visitar essa pessoa querida com determinada regularidade. Por isso é importante considerar a localização da casa de repouso.

A Casa Morada Primavera fica num dos bairros mais arborizados de São Paulo, o Alto de Pinheiros. Além disso, possui fácil acesso, próxima a vias importantes da cidade.

Já a rotina precisa ser levada em conta e analisada, para ter certeza de que dispõe de atividades e terapia ocupacional. É vital para idosos se movimentarem durante o dia e exercitarem não apenas o corpo, como também a mente.

Morada Primavera

Quer mais orientações? Converse conosco!

Nós podemos ajudar!

Tel: (11) 3023-6825

Endereço: Av. São Gualter, 1043 – Alto de Pinheiros. São Paulo, SP