Atividade física constante para idosos evita dores crônicas

Atividade física constante para idosos evita dores crônicas

Mesmo com a perda da vitalidade ao longo dos anos, especialistas recomendam que os idosos façam atividades físicas regularmente. Na Morada Primavera – clínica de repouso em São Paulo – essa recomendação é seguida à risca.

A casa de repouso promove atividades adequadas e bem dosadas para cada idoso, propiciando uma grande melhoria na qualidade de vida e um envelhecimento mais saudável para todos.

As atividades de terapia são sempre planejadas no intuito de dar mais conforto aos internos, reduzindo possíveis dores crônicas, causadas por doenças como artrose e outras doenças senis.

Para ressaltar a importância desse tema, a Morada Primavera elaborou este artigo, explicando como os exercícios promovem o bem-estar e quais são as tarefas mais indicadas para a Terceira Idade.

Atividade física no combate à dor crônica

Já na Terceira Idade, o corpo humano passa a apresentar certas restrições de mobilidade devido à perda de massa óssea e muscular. Ainda que o idoso tenha praticado exercícios físicos a vida inteira, essa limitação de movimentos é inevitável nessa fase da vida.

Mas a redução de vitalidade, as dificuldades motoras e outros problemas não podem ser fatores impeditivos para a prática de exercícios – no caso dos idosos, leves e moderados, sempre com acompanhamento médico.

Fazer algum tipo de atividade física dosada é uma forma de manter o corpo e a mente sempre ativos. Se um idoso sofre uma lesão, por exemplo, o ideal é que repouse por, no máximo, 15 dias, retomando as atividades assim que possível.

Isso porque o cérebro entende o tempo de inatividade do corpo como uma doença, alimentando ainda mais os sintomas de dor. A atrofia muscular também é um efeito negativo da ausência de atividades que estimulem o movimento corporal.

Efeito das atividades físicas nos neurotransmissores

Estudos revelam que a prática de atividades pelos idosos tem um efeito muito importante no cérebro e no controle da dor. A atividade física libera substâncias químicas no cérebro – endorfina – que fazem o efeito de analgésicos. O movimento corporal também impede que o cérebro memorize a dor, tornando-a crônica.

Outros efeitos positivos são:

– Melhora do sono;

– Melhora do humor do idosos;

– Mas disposição para as tarefas diárias.

Melhores atividades físicas para os idosos

Algumas idosos têm doenças crônicas (como artrite grave, osteoporose ou doença cardiovascular avançada) que limitam a escolha de atividades físicas. Nestas situações, é melhor consultar um médico, fisioterapeuta ou profissional de saúde para elaborar um programa de exercícios que seja saudável e seguro.

Os idosos que residem em clínicas de repouso são normalmente acompanhados por terapeutas e outros especialistas, que organizam as atividades de acordo com o estado clínico de casa residente.

As atividades de menor impacto, incluindo caminhadas e hidroginástica, são as mais indicadas para os idosos. Contudo, há também outras atividades que exigem menos movimento corporal, mas que ajudam a treinar o cérebro.

No Residencial Morada Privada, casa de repouso localizada em SP, o grupo da Terceira Idade desenvolve tarefas de recreação e terapia ocupacional. Em nosso espaço, eles se divertem com atividades musicais, jogam xadrez, respondem à caça-palavras e estimulam a capacidade cognitiva.  Tais recreações ajudam a distrair a mente, controlando melhor as dores crônicas.

A Casa de Repouso Morada Primavera possui localização privilegiada, em um bairro residencial e tranquilo da zona oeste de São Paulo, o Alto de Pinheiros.

Venha visitar nosso espaço e conhecer toda a estrutura que temos a oferecer a você ou seus entes idosos queridos!

Deixe uma resposta

Fechar Menu