Saiba como lidar com a Diabetes durante a terceira idade

Senhor com a diabetes controlada recebendo tratamento em uma casa de repouso em São Paulo

Com um crescimento exponencial de 60% nos últimos anos no Brasil, contemplando 14 milhões de pessoas no país, a Diabetes está entre as doenças que mais atingem os idosos. Quase um terço dos diabéticos brasileiros possuem 65 anos ou mais.

A Diabetes tipo dois está relacionado ao envelhecimento, sedentarismo e a obesidade e é o tipo da doença que mais prevalece, além de ser um fator de risco que leva a complicações severas como amputações, cegueira e insuficiência renal.

De acordo com João Salles, médico endocrinologista da Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo, a glicemia descompensada pode “incapacitar o idoso, pois eleva os riscos de demência como Alzheimer, além da neuropatia diabética, que faz com que a pessoa perca a firmeza no andar, o uso de muitos medicamentos e outros problemas que impactam a qualidade de vida e aumentam o risco de morte.”

Prevenção e tratamentos para a Diabetes tipo 2

Existem diversas razões que fazem com que a população idosa seja a mais afetada pela Diabetes tipo dois. Uma delas é a fabricação de insulina que cai com o passar dos anos.

Como a insulina é o hormônio responsável por colocar a glicose dentro das células sua falta faz com que exista mais açúcar circulando e sobrecarregando o pâncreas.

Outro agravante é a diminuição da massa muscular nos idosos (sarcopenia) que se acentua com maus hábitos de vida e mudanças alimentares.

Ou seja, o idoso perde músculo e ganha massa gorda, sendo um dos principais fatores para o surgimento da Diabetes tipo 2.

Para prevenir essa doença é preciso manter o corpo em movimento:

  • Fazer atividades físicas regularmente
  • Caminhadas
  • Musculação
  • Exercícios aeróbicos
  • Manter uma alimentação saudável.

Manter um estilo de vida saudável ajuda na prevenção da doença, mas também é um ótimo tratamento para quem já sofre desse mal já que a doença evolui progressivamente.

Exames regulares precisam ser feitos para acompanhar a saúde dos olhos, rins e coração. No dia a dia é preciso tomar muito cuidado e ter atenção com o “pé diabético” condição em que qualquer micose, calo ou ferida que não sare pode levar a uma amputação do membro.

É recomendado o uso de calçados confortáveis e a avaliação dos pés constantemente para verificar se não existem lesões que podem se agravar. Caso o idoso não consiga se auto avaliar é de extrema importância que alguém o faça.

Conheça a casa de repouso Morada Primavera

Na Casa de Repouso Morada Primavera nossos idosos contam com um acompanhamento nutricional de primeira para assegurar a melhor alimentação, além de contar com acompanhamento médico e enfermeira de plantão 24 horas. Tudo para tornar a estadia do nosso hóspede a mais tranquila e confortável possível.

Entre em contato conosco, conheça nossa casa e tenha a certeza que nossos idosos são tratados com carinho, respeito e atenção que eles merecem!

Casa de Repouso Morada Primavera

Casa de Repouso Morada Primavera

A nossa Morada Primavera é uma Casa de Repouso localizada em São Paulo, com estrutura pronta para receber seu familiar. Contamos com uma equipe profissional, qualificada e atenciosa para melhor atendê-lo. Temos Enfermagem 24h, Acompanhamento Médico, Nutricionistas, Terapeuta Ocupacional

Conheça nossa casa de Repouso!

Veja também:

fraldas geriátricas

Fralda geriátrica: saiba como usar da melhor forma.

As fraldas geriátricas são projetadas para idosos impossibilitados de executar autocuidado, seja por sofrer de incontinência urinária ou alguma limitação de mobilidade. Atualmente, as fraldas

Fechar Menu
WhatsApp Agende sua visita!